Os cães sabem quando há algo errado – final

É claro que não preguei os olhos a noite toda após aquela notícia. Ao amanhecer, levantei num salto, me arrumei e fui para a sala. Ele ainda estava lá, dormindo. E eu nem sabia que espíritos dormiam. Devagar, fui em direção a cozinha tentando agir naturalmente. Eu não fazia a mínima ideia do que fazer. … Continue lendo Os cães sabem quando há algo errado – final